Drummond

"Amor é o que se aprende no limite, depois de se arquivar toda a ciência herdada, ouvida. Amor começa tarde."



segunda-feira

Contagem Regressiva



Contando os dias, horas, minutos, segundos...
Que saudade daquela gente!

Final de ano

É chegado o final do ano, época em que é comum colocarmos na balança todas as nossas realizações pessoais e profissionais, e principalmente fazermos planos para o ano seguinte esperando que tudo seja diferente e melhor.


Resolvi que nessa virada de ano, farei diferente. Nada de projetar o futuro!
Ao invés de fazer listas e mais listas de metas objetivas, me entregarei a um exercício realmente futurista. As resoluções do meu novo ano obedecerão apenas às ordens do meu desejo. Com uma boa dose de utopia, minha vida vai ficar, no mínimo, mais leve e divertida!


O FUTURO SE FAZ HOJE.

domingo

A hora do encontro é também despedida.

29/nov/09


"O amanhã chegou, mas de nada adiantou"


Que sentimento tão pretencioso é esse?
Eu já sabia como seria... O início, o meio e o fim.
E pq isso agora?

É mais ou menos assim...
Um aperto no peito que insiste em ficar, uma sensação de fim de linha, mesmo sabendo que ela nunca existiu. Eu diria até um certo despeito, mulher tem dessas coisas... A gente sempre acredita que pode mudar as coisas, colocar as situações a nosso favor ou se esquivar do destino.

Mas dessa vez o destino foi implacável.

Já chega de nóia.
Pulemos essa página.

Afinal de contas, o juíz já bateu o martelo.

De um jeito ou de outro a opção será sempre ser feliz, então coloquemos isso em primeiro lugar e vamos à luta!

>>> Mudando o foco <<<

sexta-feira

Em caso de emergência, use os dois.

28/nov/09



: (

Gabriela com um "l" só.

27/nov/09


Menina do sorriso faceiro.
Do fogo nas ventas.
Que não sossega o dia inteiro.
Quanto mais o tempo passa, mais esquenta.

Em sua ingenuidade de criança,
que por tudo é curiosa.
No meu peito acendes a esperança,
de uma vida mais formosa.

Na boca carrega um dicionário.
Engraçadas e tolas questões.
Do real ao imaginário,
e se assusta nas suas confusões.

A cada segundo é uma surpresa!
Cada minuto uma verdade.
Cada perfil, brilha tua beleza,
minha doce realidade.

Meu ser é todo dela.
Da menina Gabriela.
Da forma mais singela,
de um jeito que é só dela.




> Vai ser a cara do pai <

Quinta à portuguesa!

26/nov/09

Foi uma De - lí - ci - a ...


Engraçado como as coisas são.
Quando vc acha que está preparada para ouvir o óbvio, tudo desanda...


Foi o esperado mais inesperado.



Alguém aí...
Quero colo!

Queria tanto que fosse eu...
Me poupe, Fernanda Gabriela!
Amanhã já passa!

quinta-feira

Fica combinado assim ...



Eu quero que a gente fique junto sim e que todas as contradições deste amor sejam jogadas pelo ralo e DANE-SE. Putz, nem o Manoel Carlos agüenta mais. Eu quero que a gente se enrosque nas noites frias e tome porres homéricos nas noites quentes e se sinta confortável quando não houver mais o que dizer. E que nosso tempo de desassossego se acalme um pouco, dentro da calma impossível que é essa travessia sem rede que a gente escolheu traçar. E que a gente ande, tropece e cambaleie e que até caia às vezes, mas que de alguma forma ressuscite em afeto. Porque afeto é o que há. E amor... Ai, eu quero amor prá cacete. Desses que sobrevivem à inveja e às sucessivas bombas atômicas ... Eu quero você, tá claro?


Insônia é uma merda!

Adoroooooo essa Baiana!

video


Às vezes se eu me distraio
Se eu não me vigio um instante
Me transporto pra perto de você
Já vi que não posso ficar tão solta
Me vem logo aquele cheiro
Que passa de você pra mim
Num fluxo perfeito

Enquanto você conversa e me beija
Ao mesmo tempo eu vejo
As suas cores no seu olho, tão de perto
Me balanço devagar
Como quando você me embala
O ritmo rola fácil
Parece que foi ensaiado

E eu acho que eu gosto mesmo de você
Bem do jeito que você é
Eu vou equalizar você
Numa freqüência que só a gente sabe
Eu te transformei nessa canção
Pra poder te gravar em mim

Adoro essa sua cara de sono
E o timbre da sua voz
Que fica me dizendo coisas tão malucas
E que quase me mata de rir
Quando tenta me convencer
Que eu só fiquei aqui
Porque nós dois somos iguais

Até parece que você já tinha
O meu manual de instruções
Porque você decifra os meus sonhos
Porque você sabe o que eu gosto
E porque quando você me abraça
O mundo gira devagar

E o tempo é só meu
E ninguém registra a cena
De repente vira um filme
Todo em câmera lenta
E eu acho que eu gosto mesmo de você
Bem do jeito que você é

Eu vou equalizar você
Numa freqüência que só a gente sabe
Eu te transformei nessa canção
Pra poder te gravar em mim



Essa música diz tudoooo!

quarta-feira

O silêncio



De todas as ações humanas, a mais discreta e enigmática é o silêncio. Vezes machuca, vezes alivia. É sensato, mas também intrépido. O silêncio é omissivo ou comissivo, depende o momento.

O silêncio constrói a fama de alguns e a decadência de outros. Acusa e absolve. Nada é mais incisivo que o silêncio, sobretudo quando utilizado em contra-ataque.
O silêncio ignora, concorda, aceita, rejeita. O silêncio pode ser alegre, ou triste.
Contudo, o silêncio é atributo da inteligência. A partir dela o agente opta pelo sentimento que pretende manifestar. O tolo não é capaz disso. Ele grita, gesticula, geme. Pratica todas as ações permitidas, menos o silêncio. O silêncio o destrói.
O tolo jamais saberá encarar o silêncio ou respeitá-lo. O tolo é um tolo e jamais conviverá com a inteligência.

Í . N . T . I . M . O.



  


Escrevo para você
Porque você me inspira:
inspira confiança,
inspira ira,
inspira o que pode e o que não pode,
inspira o tesão,
inspira a morte,
inspira o movimento,
inspira o delírio,
até mesmo o sofrimento e o sorriso, inspira.
Escrever para você
é ser antítese.
É ser catarse.
É brincar com o laser.
É fazer do mundo inspiração,
mistério,
segredo,
fixação.
É concorrer com o lírico de cada vida,
de cada ser.
é buscar passado e
fazer o presente do futuro.
É loucura! E muita sensatez.
É ser dadaísta.
É perder o sentido até ser futurista.
É estar tão ligada à vanguarda
e ser cubista-surrealista.
Tudo. Até ser moderna,
ser modernista.
É ser impulso, sonho, amizade,
otimismo, sinceridade,

Vida...

Escrever para você é ser somente...

EU!

Sonetinho

SONETO DA FIDELIDADE




De tudo, meu amor serei atento
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento.
Quero vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou seu contentamento.
E assim, quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama
Eu possa me dizer do amor ( que tive ) :
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure.

Vinícius de Morais

domingo

Determinação

Hoje a passada por aqui será "the flash" .

Estou postando um vídeo sobre DETERMINAÇÃO, achei bem bolado. Está aí! Espero que gostem... Não consegui baixá-lo em lugar algum, mas segue o link:

http://www.youtube.com/watch?v=Objtq5DSvKQ



" Bom mesmo é ir a luta com determinação, abraçar a vida com paixão, perder com classe e vencer com ousadia, pois o triunfo pertence a quem se atreve... A vida é muita para ser
insignificante " Charles Chaplin

Esse vídeo homenageia a amiga Clélia ...
Pela admirável força e determinação.
Já sou fã!

Beijos prá quem é de beijo e abraços prá quem é de abraço!
Até.

terça-feira

Mas, pq vegetariana?




São inúmeros os motivos.
Tantos, que seria impossível listar todos nesse blog.
Volta e meia algum não-vegetariano atira sobre o meu prato perguntas com tom de desafio. É para esses que agora resolvi explicar, de uma vez por todas, por que não como animais. Eu não sou do tipo que gosta de pregar, não msm. Não tento converter ninguém ao vegetarianismo, não aponto para o prato dos outros dizendo "ugh, você está comendo um cadáver". Mas os outros, não sei porque, sempre têm algo a dizer sobre minha opção alimentar. Para a maioria das pessoas, vegetarianos são meio ETs. Parece que esses têm dificuldade para entender que não comer carne é apenas mais uma opção que se faz na vida.

Muita gente pensa em vegetarianismo como uma religião, e das mais restritivas...
Depois de pensar muito e tentar entender porque tanta gente não suporta minha opção não carnívora, cheguei à conclusão de que o vegetarianismo, para alguns, é ameaçador. Certas pessoas se sentem atacadas - principalmente as mais inteligentes. Talvez porque, quando confrontadas com as razões de um vegetariano para ser vegetariano, elas são obrigadas a concordar que fazem um certo sentido. Um vegetariano desafia – já que, desde criança, somos alimentados com carne e ensinados que a falta de bife na mesa é sinal de pobreza e meio caminho para a anemia. E então dá-lhe bife na mufa!!! Comer carne, portanto, é o normal. Certos vegetarianos são vegetarianos porque resolveram examinar o conceito de normalidade, rever atitudes e posições, e mudar velhos condicionamentos. O vegetarianismo pode ser, nesse sentido, revolucionário. E isso, ah... isso incomoda muita gente...

Quantas e quantas vezes eu tive que estragar meu almoço explicando para alguém porque não tem carne no meu prato – quando tudo que eu queria era apenas comer tranquilamente. E um argumento só não basta: as pessoas não entendem e tentam me converter de volta ao carnivorismo. Ah, quanta bobagem já tive que ouvir por conta dessa minha opção... Penso que a ética que forma a base da sociedade do futuro deve se estender a todas as espécies e ecossistemas. Eu também acredito, porém, que essa é uma decisão completamente individual. É a melhor opção para mim, pode não ser a melhor para você. Cada um que ache seu caminho. Por isso eu não tento convencer ninguém.


Já dizia Isaac Singer, prêmio Nobel de literatura em 1978: " As pessoas dizem que o homem sempre comeu carne, como se fosse uma justificativa para continuar fazendo isso. De acordo com essa lógica, nós não deveríamos tentar prevenir pessoas de assassinarem umas às outras, já que isso também tem sido feito desde o início dos tempos ".

sábado

Recomendo

QUEM AMA NÃO ADOECE

Gostei muito...
R E C O M E N D A D Í S S I M O!

sexta-feira

Desabafo

" Final de ano, hora de arrumar as idéias e repor as energias "

Esse ano foi, sem dúvida, o mais turbulento.
2009 chegou como um rolo compressor, atropelando sonhos, expectativas e planos. Foram incontáveis noites sem dormir, muitas interrogações, solidão e medo. Nessa experiência, entendi que o fundo do poço era uma oportunidade sem precendentes e foi pensando assim que achei forças para me reerguer. Várias vezes me perguntava: Será que está acontecendo mesmo? Era difícil acreditar que ainda podia ficar pior. Foi preciso mudar minha maneira de ver o mundo e tomar as rédias dalí para frente.
Resolvi fazer uma faxininha! 






" Você pode deixar a mala como está, continuar com as gavetas abarrotadas e as prateleiras empoeiradas, mas nesse momento essa decisão significa ficar tão inútil, amarrotada e mofada quanto elas "


Me sinto muito melhor!

quinta-feira

Experimentando!

Ousar fazer um blog me deixou estranhamente livre, leve... Sinto que nessa perspectiva não há divisão de "Fernandas e Gabrielas". Darei continuidade. Está sendo uma experiência nova e muito prazerosa. Espero que gostem!